Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
 
Florínea
PORTAL DO CIDADÃO
PREFEITURA MUNICIPAL DE FLORÍNEA
PREFEITURA MUNICIPAL DE FLORÍNEA
Hora: 00:00:00
História do Município
Webline Sistemas

 

 

No ano de 1919, quando elevada a categoria de Vila é batizada com o nome de Pântano devido a quantidade de barro que se formava em qualquer chuva.

Para obter sucesso na fixação de pessoas no local, Sebastião Alves de Oliveira as incentivava oferecendo preços acessíveis e inclusive doação de lotes.

Na época a estrada que dá acesso para Londrina (PR) passava pela cidade de Florínea, motivo pelo qual havia tanto interesse em fundar a cidade onde ela está hoje se estabeleceu o núcleo urbano.

Seu crescimento é grandemente prejudicado pela geada de 1940 e acelera o fim da lavoura de café. Estabelece-se então a migração da população para outros locais em busca, principalmente de emprego, um movimento que estagnou-se apenas muito recentemente percebendo hoje apenas uma oscilação muito pequena da população.

Em 1953 o Pântano, com a luta de alguns pioneiros consefue a sua emancipação político-administrativos e em 1954 já como município passa a se chamar Florínea. A prefeitura é instalada na Rua Francisco Nunes de Souza e a cidade começa a se estruturar.

Em 1961 o município volta a ser Distrito de Assis por motivos ligados, para alguns, a parceira administrativa da época e para outros, a razões políticas. Mas volta à sua posição de Município no ano seguinte.

Um dos fatos que contribuiu para o deslocamento das famílias é a implantação do Estatuto da Terra, a lei nº 4.504 de 20/11/64, onde o trabalhador rural é "protegido". Os donos de propriedades rurais ficaram reticentes em registrar seus trabalhadores por não terem condiçãoes de pagar seus direitos numa possível dispensa do mesmo.

A partir de 1981 a cidade retoma o crescimento físico e populacional, embora muito lentamente. O que pode ser notado é que a partir desse ano começaram a ser implantado os conjuntos habitacionais, para atender as famílias que se deslocam para outras localidades, o que nos dá a idéia de um certo equilíbrio entre o número de pessoas que se dirigem para Florínea ou se deslocam para outros locais. Assim introduziu-se a cana no binômio soja e trigo.

Hoje registra-se um decréscimo muito grande na população do município de Florínea que em 1960 chegou a ter 5.753 habitantes e hoje, segundo o IBGE conta com 2.995 habitantes.

Fonte: Trabalho de Conclusão de curso de Gografia do Professor Adão Cícero Ferreira Nunes, pela Universidade Estadual de Londrina no ano de 1993.

Autor do Histórico: AFONSO MARIA NOGUEIRA

 

 

Enviar esta notícia para um amigo

Reportar erro